Os americanos não são racistas? Segregados? E xenófobos? – Preconceito nos EUA

Bem, quais? No nível interno ou no nível político? Depende de quem você está perguntando, mas aqui estão algumas coisas para manter em mente:

Vidas negras importam. Este movimento social recentemente acendeu toda uma onda de emoções de apoiadores e oponentes de seus ideais.

  • “Todas as vidas importam, não é o correto?”

–um pode perguntar. E numa ideologia filosófica baseada em princípios, sim, todas elas importam. Mas olhando para vários parâmetros que comparam americanos negros a outras “raças/etnias”, é fácil detectar uma disparidade, especialmente entre brancos e negros.

Aqui estão apenas alguns gráficos que achei particularmente alarmantes:

Tiroteios policiais fatais por milhão, por etnia

Fatal police shootings per million by race
Shayanne Gal/Business Insider

Consumo de maconha vs. detenções por porte, por etnia

marijuana usage vs possession arrests by race
Shayanne Gal/Business Insider

Riqueza doméstica de norte-americanos negros e brancos

household wealth of black and white americans
Madison Hoff/Business Insider

Nesses três gráficos, você pode começar a ter uma ideia de como a sociedade trata de forma desproporcional um grupo de pessoas sobre o outro. Bem, existem algumas coisas importantes para ser observadas aqui:

  1. Cerca de metade das mortes causadas pela violência policial são sofridas por brancos. No entanto, mais negros são mortos em proporção a qualquer outro grupo racial, o que é alarmante, pois constituem uma parte muito menor da população
  2. Embora o uso de maconha esteja se tornando mais legalizado em todo o país nas últimas décadas, e aproximadamente a mesma quantidade de brancos e negros admitam usá-la, uma porcentagem muito maior de negros são presos por porte de maconha
  3. As famílias brancas em geral têm maior probabilidade de ter alta renda, enquanto as famílias negras em geral têm maior probabilidade de serem pobres

Isso é apenas o que os números nos mostram; faça com eles o que quiser.

Há muitos brancos mortos pela polícia ou presos, e muitos negros são ricos. Mas, no fundo, o sistema dos EUA atrasa o progresso de certos grupos.

E não é apenas um fenômeno atual. Muitas oportunidades existem para todos os povos hoje, que é ótimo, embora, historicamente, essas minorias não tiveram uma chance. A escravidão institucional era uma parte disso. As teorias de que algumas raças serem melhores do que outras era outra parte ainda relacionada. Por qual outro motivo um grupo de pessoas viria para um continente pensando que estava “destinado” a ensinar e conquistar os outros?

Também quero deixar claro que este problema não é exclusivamente europeu. Escravidão, colonização e segregação existiram em todos os continentes povoados durante a maior parte da história humana. Os humanos são legais assim.

A América tem uma história suja com xenofobia, que é temer ou desprezar pessoas de nações, culturas, e religiões estrangeiras. Nos primeiros dias, estávamos preocupados com os alemães e escandinavos tomando nossos empregos e terras. Mais tarde, foram os irlandeses, depois europeus orientais, italianos e asiáticos. Mais recentemente, foram latino-americanos e muçulmanos, mas essa história é antiga. Todos esses grupos sofreram violência e retaliação ao migrar para a América, com a única diferença de que aqueles grupos vistos com uma cor de pele “menor”, ​​religião “menor” ou de países “mais carentes” sofreram bem mais. Essa discriminação persiste de maneira especialmente forte em comunidades que estão segregadas há gerações.

Os EUA são um país incrivelmente complexo. A percepção de ser uma nação de imigrantes influenciou muitos a chegar e continuar com seus antigos costumes, afastando eles da cultura americana em geral. O medo de imigrantes e a hostilidade frequente em relação a eles deixou muitos se sentindo mal recebidos a ponto de irem voluntariamente para outros países ou voltando para sua casa. Quem quer alguem gritando,

Volte para onde você veio!

ou recebendo olhares de desprezo o tempo todo apenas por causa de sua aparência ou crenças religiosas? Tenho certeza de que me sentiria péssimo comigo mesmo se eu fosse receber preconceito por coisas que nem posso controlar. O governo definitivamente cria políticas que estimulam esse medo dos estrangeiros. Lembre:

  • Nipo-americanos colocados em campos de internamento
  • Imigrantes irlandeses anunciados como invasores subumanos
  • Mexicanos e centro-americanos sendo deportados em massa
  • proibição de viagens imposta a países de maioria muçulmana

Esse último foi bem recente, hein?

Para colocar um pouco de sol nessa história, os americanos, em geral, parecem ser pessoas realmente bem-intencionadas. Não gostamos de ver os outros sofrendo e queremos ser uma sociedade pacífica e feliz que trabalhe em conjunto aos outros. Muitos estão realmente curiosas ​​sobre outras culturas, línguas e religiões. Temos uma má reputação, mas muitos de nós estamos tentando quebrar esses estereótipos de mente fechada e de preconceituosos que tacamos em nós mesmos.

De qualquer forma, dê uma olhada nas páginas abaixo para ver mais gráficos sobre a percepção das questões raciais nos EUA e me diga o que você acha! Há de tudo, desde comparações de renda a opiniões sobre como a raça de uma pessoa afeta a mobilidade de classe social. Tem até um grafiquinho interessante que mostra como os americanos veem a tal palavra com “N”. Há um total de 7% de brancos que pensam que está tudo bem “Às vezes” ou “Sempre” para gente branca dizer a palavra “N”, o que é simplesmente doido. É uma porcentagem muito pequena, mas estou tentando imaginar quem são essas pessoas. Eles são realmente racistas ou são apenas uns caras brancos loucos que andam muito com negros e se safam? Provavelmente ambos, mas essa palavra merece um artigo inteiro para si mesma.

Portanto, a resposta à pergunta original é: Sim, somos um pouco racistas, segregacionistas e xenófobos, mas é um mau hábito de longa data. Fomos treinados dessa forma. Fomos ensinados dessa forma. Nossa nação começou assim. Mas não se esqueça, não é apenas um problema americano. E, estamos tentando! Muitos estão lutando para consertar isso. Pensar naqueles cidadãos que tem uma mente positiva me ajuda a dormir melhor à noite.

Se você consegue ler em inglês e quer aprender mais, aqui estão recursos:

Gráficos que mostram como as diferenças raciais aparecem na sociedade: https://www.businessinsider.com/us-systemic-racism-in-charts-graphs-data-2020-6

Para a história da xenofobia nos EUA: https://now.tufts.edu/articles/long-history-xenophobia-america

Para a percepção dos americanos sobre questões raciais: https://www.pewsocialtrends.org/2019/04/09/race-in-america-2019/

Aren’t Americans racist? Segregated? What about xenophobic? – Discrimination in the USA

Well, which ones? At the home level or the political level? It depends on who you’re asking, but here are some things to keep in mind:

Black Lives Matter. This recent movement has ignited a whole swath of emotions from both supporters and opponents of its ideals.

“Don’t all lives matter?”

–one might ask. And on a philosophical, principle-based ideology, yes, they do all matter. But looking at several parameters comparing black Americans to other “races” it’s easy to spot a disparity, especially between whites and blacks.

Here are just a few charts I found particularly alarming:

Fatal police shootings per million by race
Shayanne Gal/Business Insider
marijuana usage vs possession arrests by race
Shayanne Gal/Business Insider
household wealth of black and white americans
Madison Hoff/Business Insider

In these three charts, you can start to get a taste for how disproportionately society treats one group of people over another. Now, there are some important things to note here:

  1. About half of the deaths caused by police violence are suffered by whites. However, more blacks are killed in proportion to any other racial group, alarming since they make up a much smaller part of the population
  2. Even though marijuana usage is becoming more legalized across the country in recent decades, and about the same amount of whites and blacks admit to using it, a much higher percentage of blacks are arrested for marijuana possession
  3. White households overall are more likely to be high income, while black households overall are more likely to be poor

These are just what numbers show us; do with them what you wish.

There are plenty of white people killed by police or put in jail, and plenty of black people are wealthy. But at the heart, the U.S.’s system slows down the progress of certain groups.

And it’s not just a current phenomenon. Many opportunities exist for all races today, which is great, although, historically these minorities didn’t have a chance. Institutional slavery was one part of this. Theories of some races being better than others was another yet related one. Why else would a bunch of people come to one continent thinking they were “destined” to teach and conquer another?

I also want to point out that this problem isn’t uniquely European. Slavery, colonization, and segregation have existed on all populated continents throughout most of human history. People are just cool like that.

America has a dirty history of xenophobia, which is fearing or looking down upon people of foreign nations, cultures, religions, etc. Back in the early days, we were worried about Germans and Scandinavians taking our jobs and land. Later it was the Irish, then Eastern Europeans, Italians, and Asians. More recently it’s been Latin Americans and Muslims, but the history is long-standing. All these groups suffered violence and retaliation when migrating to America, the only difference being that those groups seen as having a “lesser” skin color, “lesser” religion, or from “needier” countries have suffered a lot more. This discrimination persists especially strongly in communities that have been divided for generations.

The U.S. is an incredibly complex country. The perception of it being a nation of immigrants has influenced many to arrive and continue with their old customs, estranging them from the general American culture. Fear of immigrants and frequent hostility towards them has left many feeling unwelcome to the point of willfully leaving to other countries or going back home. Who wants someone yelling,

Go back to where you came from!

or receiving despising looks all the time just because of their appearance or religious beliefs? I’m sure that I’d feel terrible about myself if I were put down for stuff I couldn’t even control. The government definitely creates policies that encourage this fear of foreigners. Think of:

  • Japanese-Americans put in Internment Camps
  • Irish migrants advertised as being subhuman invaders
  • Mexicans and Central Americans being mass deported
  • travel bans imposed on Muslim-majority countries

That last one’s pretty recent, eh?

To bring some sunshine to this story, Americans, in general, seem to be really well-meaning folks. We don’t like to see others suffering, and we want to be a peaceful and happy society that works together. Many are truly interested in other cultures, languages, and religions. We get a bad rep, but many of us are trying to break those closed-minded, bigoted stereotypes that we’ve put on ourselves.

Anyway, check out these pages below to see more charts about the perception of racial issues in America, and let me know what you think! There’s everything from income comparisons to opinions on how a person’s race affects social class mobility. There’s even an interesting little graph showing how Americans view the “N” word. There are a whole 7% of whites that think it’s okay “Sometimes” or “Always” for white people to say the “N” word, which is just silly. It’s a very small percent, but I’m trying to imagine who these people are. Are they really racist or are they just dotty white dudes that hang out around black people a lot and get away with it? Probably both, but that word deserves a whole article to itself.

So, the answer to the original question is: Yes, we’re a little racist, segregationist, and xenophobic, but it’s a long-time bad habit. We’ve been trained this way. We’ve been taught this way. Our nation started this way. But don’t forget, it’s not just an American problem. And, we’re trying! Many are fighting to fix this. Thinking about those positive-minded citizens helps me sleep better at night.

Resources:

Charts showing how racial differences appear in society: https://www.businessinsider.com/us-systemic-racism-in-charts-graphs-data-2020-6

For the history of xenophobia in the U.S.: https://now.tufts.edu/articles/long-history-xenophobia-america

For Americans’ perception of racial issues: https://www.pewsocialtrends.org/2019/04/09/race-in-america-2019/