Os americanos não são ricos ou têm uma maneira fácil de ganhar dinheiro? – Riqueza e pobreza nos EUA

Ricos? Claro que não! Mas vamos por que …

Um equívoco normal do estrangeiro comum que vê um americano de férias é: “Bem, ele/ela deve ter dinheiro. Vamos cobrar um pouquinho mais deles. ” E tem uma boa razão para pensar assim. Basta olhar pro valor do dólar em comparação com qualquer tipo de peso, real, iene, rupia ou rublo. Os valores são extremamente desproporcionais. Então, os norte-americanos em férias podem pagar um pouco mais. Não tenha dor!

A questão é que você precisa observar quantos americanos viajam para o exterior. O fato é que apenas 11% de nós viajamos pro exterior no ano passado, sem contar o México ou o Canadá, que era ainda menos do que no ano anterior. Eu nem quero imaginar como eram os poucos que viajaram este ano (2020, Covid-19, etc.).

O limite de pobreza nos EUA é de US $ 25.700 por ano para uma família de quatro pessoas, o que representa cerca de 38 milhões de americanos.

Aqueles com maior probabilidade de serem pobres são:

  • famílias com pais solteiros em vez de casais
  • mulheres, em geral, ao invés de homens
  • crianças em vez de idosos

E há quase 4 milhões de deficientes vivendo na pobreza.

Indígenas e negros também têm maior probabilidade de serem pobres, enquanto brancos e asiáticos são igualmente os menos prováveis. Mas essa é uma tendência comum em quase todos os lugares.

Então, aquilo é só falando sobre “pobres normais”. E aqueles que vivem numa pobreza profunda e intensa? Bem, contando os americanos que ganham menos da metade do que é considerado o limite da pobreza, ainda tem mais de 17 milhões que vivem nesta zona chamada de “pobreza extrema”. Isso significa que passam fome, que não têm onde morar, ou vivem em condições terríveis, se não na rua. Isso sem mencionar os mais de 93 milhões que estão quase na pobreza; isso significa que se uma pequena corda for cortada, eles qualificam. Para acrescentar a tudo isso, tem ainda mais americanos que enfrentam acesso instável a alimentos suficientes do que aqueles que enfrentam a pobreza. Surpreendente, não é?

Tá bom, não se sinta tão mal; a grande maioria dos americanos trabalha e pode ter uma vida sólida, até mesmo viver bem. Devido à infraestrutura e ao sistema de previdência relativamente desenvolvidos, a maioria das pessoas pobres nos Estados Unidos não precisa viver nas ruas ou em favelas como em tantos outros países. As taxas de pobreza calculadas pela OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico) mostram que os EUA têm taxas de pobreza mais altas do que países como Chile, México, Turquia e Rússia, e caem quase no fundo de todas as métricas de renda em comparação com outras nações “desenvolvidas”.

Para explicar melhor, isso não quer dizer que as pessoas pobres nos EUA estão em situações piores do que os pobres no México, por exemplo; significa apenas que há mais pessoas na pobreza em proporção à população geral. Afinal, a América tem 2,5 vezes mais habitantes do que o México. Vale lembrar que a forma como cada país define a pobreza é ligeiramente distinta, então pode muito bem haver mais chilenos vivendo em extrema pobreza do que americanos, embora haja mais americanos vivendo na pobreza em geral.

Dizendo tudo isso, os norte-americanos, em geral, estão em melhor situação do que em muitos países, e nossa nação tem muitos programas que tornam a vida um pouco mais fácil do que seria em uma nação “em-desenvolvimento”. Ainda assim, apesar das altas taxas de emprego, a pobreza e a fome ainda são problemas comuns em todo o país, tanto nas maiores cidades (veja os sem-teto em Los Angeles) quanto nas áreas rurais (veja algumas das cidades não incorporadas da Califórnia). A Califórnia é um outro caso total, mas deu para entender.

A pobreza é um problema global que certamente afeta alguns lugares mais do que outros. Os EUA em toda a sua glória capitalista são, sim, ainda uns desses lugares. Se você consegue ler inglês, verifique os recursos para saber mais!

Recursos:

Americanos que viajam pro exterior: https://www.statista.com/statistics/214774/number-of-outbound-tourists-from-the-us/#:~:text=In 2019%2C there were approximately,of 41.77 million overseas travelers.&text=Excluding visitors to Canada and,in 2018 at 41.77 million.

Dados demográficos da pobreza e da fome nos EUA: https://www.povertyusa.org/facts

Taxas de pobreza nas nações da OCDE: https://www.statista.com/statistics/233910/poverty-rates-in-oecd-countries/

Uma análise mais aprofundada das estatísticas de pobreza nos EUA: https://www.epi.org/publication/ib339-us-poverty-higher-safety-net-weaker/

Locais de baixa renda nos EUA: https://en.wikipedia.org/wiki/List_of_lowest-income_places_in_the_United_States

Leave a Reply